domingo, 10 de fevereiro de 2019

Deus e o clima

Estamos sempre reclamando do clima, seja qual for a estação do ano: no verão, reclamamos que está muito quente; no inverno, que está muito frio; na primavera, que o pólen das flores causa espirros; no outono, que está chovendo demais.

Permitam-me uma breve meditação: talvez Deus tenha criado a Terra desta maneira, com estações climáticas, para refletir os estados de ânimo do nosso espírito. Há momentos em que nosso humor se assemelha ao verão: sentimo-nos alegres, eufóricos. Em outros, ao inverno: melancólicos, deprimidos. Esses são os extremos; na maior parte do tempo, estamos no meio-termo, como a primavera e o outono.

A lição que podemos extrair é a seguinte: ano após ano, uma estação sucede a outra, e a Criação segue esplendorosa, sustentada a cada fração de segundo pela Divina Onipotência. Da mesma forma, devemos aceitar com humildade que após cada sorriso advém um pranto, e depois um novo sorriso; e com a confiança de que nossa alma segue repousando nos braços do Espírito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O poder da escolha

  A liberdade, o poder da escolha...motivo da glória e desgraça da condição humana.