quinta-feira, 7 de março de 2019

O empreendedor de carne e osso

Como alguns aqui já sabem - e outros vão ficar sabendo agora - eu abri uma empresa, a www.impactamidia.com.br, em 2007, com 23 anos de idade. Ou seja, bastante entusiasmo e pouco juízo, hehe.

Um dos temas desta página é justamente o empreendedorismo e o mundo dos negócios. Mas eu não estou aqui pra dizer pra vocês, como infelizmente tantos picaretas por aí, que só querem vender cursos, "como eu sou incrível, minha empresa é fantástica e você pode ter tudo isso também (basta clicar no link para assinar/comprar/etc)".

Muito pelo contrário. Aqui você não vai encontrar uma porção de respostas prontas embaladas em um pacote bonitinho. Antes vai encontrar escoriações e cicatrizes. Um lance mais para Seiya de Pégaso do que para Misty de Lagarto (quem sacar a referência deixe um comentário).

Sim, eu tenho algumas respostas, algumas poucas respostas, e não me importo de compartilhar. Ao longo dos últimos 12 anos, com a ajuda de tanta gente (parentes, sócios, clientes, amigos), deu pra amadurecer e descobrir alguma coisa. Mas ainda tenho muitas dúvidas, muitas perguntas, e eu ficaria imensamente grato se você usasse este espaço para conversarmos e trocarmos conhecimento.

Já temos coaches demais. Já temos coaches de coaches demais. Palestrantes motivacionais demais, empreendedores que foram de 0 a 1 milhão em vendas em 2 anos demais, marketeiros digitais demais, GENTE "BEM-SUCEDIDA" DEMAIS. Não me entendam mal. Eu estou ironizando. Não sou contra o sucesso, obviamente. Mas acontece que a internet é terra sem lei, e na foto qualquer um pode aparentar ser o que quiser. No mundo real, quantos tem lucro? As estatísticas estão aí para quem quiser ver e não se deixar iludir. O Brasil ainda não é esse mar de gente linda e rica saindo pelo ladrão, ou só eu que não vi?

Eu gosto de acompanhar a blogosfera de finanças, a chamada "finansfera". Ali tem pessoas de carne e osso escrevendo. Tem de tudo: operários, funcionários públicos, empresários; gente que já ficou rica e gente que recém começou a poupar dinheiro. Mas falam a verdade, contam as coisas como se passaram, boas e más. 

Precisamos disso, de mais pessoas compartilhando experiências reais da vida empresarial. As agruras, os fracassos, os desalentos. As alegrias também, claro. É isso que eu pretendo fazer aqui, volta e meia. Abraço!

4 comentários:

  1. Respostas
    1. "Mas de onde vem essa perspicácia toda... será que ele já atingiu...o 7° sentido?! Não, não é possível!"

      Haha, abraço, Ronaldo!

      Excluir
  2. Parece que a fórmula é atrair as pessoas para um curso online como se todos os problemas fossem solucionados através desse curso. As pessoas desesperadas pagam. Afinal, o que não falta por aí são pessoas desesperadas procurando alguma forma de ganhar uns trocados a mais para poder viver um pouco melhor.

    ResponderExcluir

O poder da escolha

  A liberdade, o poder da escolha...motivo da glória e desgraça da condição humana.