domingo, 23 de junho de 2019

Nem tudo na vida se escolhe?

É comum dizermos "Nem tudo na vida se escolhe". Mas na verdade é ao contrário: quase NADA na vida se escolhe. Pense no local onde você nasceu. Pense em quem são teus pais. Pense nas escolas onde você estudou. Pois é, nada disso você escolheu. E esses fatores constituem talvez 90% da pessoa que você se tornou. E também condiciona as poucas escolhas que você fez e será ainda capaz de fazer.

quinta-feira, 13 de junho de 2019

O burrico de Jesus

Cuidado para não ser como o burrico que carregou Jesus ao entrar em Jerusalém. Faça boas ações, se torne parte de algo grande, nobre, maior do que você, ok. Mas não pense que por isso os aplausos são para você.

domingo, 9 de junho de 2019

A descendência de São José

A lógica de Deus é muitas vezes inversa à lógica mundana. Os antigos consideravam que ter descendência era uma forma de perpetuar o nome para a posteridade. São José abriu mão disso pela Santíssima Virgem Maria, e seu nome foi perpetuado por Deus e pelos homens mais do que o de qualquer herói.

domingo, 2 de junho de 2019

Imposto é roubo?

Uma coisa que deixa claro que as vertentes mais radicais do liberalismo - como o libertarianismo e o anarcocapitalismo - são o marxismo de sinal trocado é o axioma "imposto é roubo".

Ora, o imposto é uma espécie de "faturamento" do estado. O estado é o inimigo do libertário e do anarcocapitalista. Da mesma forma que o capitalista é o inimigo do proletário, do socialista. Perceba que estou raciocinando de acordo com a lógica interna das ideologias, não de acordo com a realidade.

O socialista diz: "Marx dizia que o lucro era roubo". O que é uma generalização grosseira, porque o lucro pode ser advindo do roubo, sim, mas pode não ser também. Isto é, existe um lucro lícito. Tudo depende das pessoas que estão operando a organização que gera o lucro. Se forem pessoas desonestas, então sim, o lucro será fruto de uma atividade desonesta, caracterizando roubo. Mas, se a organização for administrada por pessoas honestas, não haverá nada de errado com o lucro.

Da mesma forma, dizer que o imposto é roubo é uma generalização grosseira. O imposto pode ser roubo, sim, quando é exagerado, quando os governantes são desonestos na sua aplicação e oneram a população com uma carga tributária opressiva com vistas a enriqueceram através de salários muito altos, ou mesmo desvio de dinheiro. Mas bons governantes, que visem ao bem comum, ao bem da população, vão impor impostos justos, então o imposto não será roubo.

O amor como sacrifício

  Em uma coisa o mundo e a visão cristã genuína concordam: fazer as coisas por mero dever, por simples obrigação, é algo inferior; o ideal m...