domingo, 26 de abril de 2020

Trabalhar de graça?



Existe uma corrente que diz que quando você precisa pegar experiência, montar portfólio, você deve trabalhar de graça.

Eu entendo, faz sentido, funciona, mas a minha posição é um pouco diferente.

Penso que você deve trabalhar QUASE de graça, mas não totalmente de graça. Por quê? Porque existe um lance psicológico atuando aí: aquilo que nos vem completamente de graça nos parece menos valoroso, barato. Aquilo pelo que pagamos, por menor que seja o valor, nos ancora a aquele bem.

Salvo exceções, deixe para fazer caridade com quem realmente precisa, não com quem pode pagar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os palavrões da fé

Vivemos numa época em que, numa roda de conversa, falar palavras como "Deus", "Céu", "Inferno", "pecado&q...