sexta-feira, 9 de outubro de 2020

A moralidade ou imoralidade da propaganda

 


A propaganda em si me parece moralmente neutra, pode ser usada para o bem e para o mal. De que adiantaria descobrir a cura do câncer e isso não chegar às massas, através de um produto devidamente propagandeado?

O problema é quando a moral vai pro ralo e os publicitários e marqueteiros usam de técnicas de PNL e manipulação mental para obter seus fins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O poder de um grande pregador

  Umas das marcas de um grande pregador, escritor, poeta, filósofo, enfim, homem de letras, homem de gênio, é a sua capacidade de infundir n...