segunda-feira, 26 de outubro de 2020

A precisão dos termos e o amor à verdade


O amor à verdade exige um apego quase obsessivo à precisão dos termos envolvidos em uma determinada discussão. 

É por isso que os filósofos e teólogos debatem durante décadas, às vezes séculos, sobre este ou aquele assunto. Boa parte do tempo é gasto delimitando o escopo do debate em seus mínimos detalhes, o que para a maioria das pessoas é visto como um exagero, como algo irrelevante para a vida prática.

Porém, ideias têm consequências, e toda a vida prática de hoje foi moldada por ideias concebidas e discutidas no passado, e aqui estamos falando até de milênios, em certos casos.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O trunfo do pensamento moderno

O trunfo do pensamento moderno, científico, cartesiano, é ao mesmo tempo, a sua desgraça. Bênção e maldição. Separar tudo em partes dá acess...