domingo, 4 de outubro de 2020

A reforma de São Francisco


São Francisco de Assis ouviu Jesus lhe dizer: “Vai e reconstrói a minha casa em ruínas.”

Ele não foi logo pensando em grandes planos de reformas gerais, em reformar a Igreja inteira, por completo.

Não, ele fez primeiro o concreto, o particular, aquilo que estava ao seu alcance imediato: recuperou aquela capela destruída na qual estava rezando. E depois outra. E outra.

E assim, a vocação dele foi se delineando cada vez mais, até ele entender que Deus o queria vivendo a pobreza como expressão de uma verdadeira reforma espiritual; e isso sim, mudou a Igreja e gerou frutos que perduram até hoje. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O poder de um grande pregador

  Umas das marcas de um grande pregador, escritor, poeta, filósofo, enfim, homem de letras, homem de gênio, é a sua capacidade de infundir n...