domingo, 25 de outubro de 2020

O burburinho da Internet


De fato, o burburinho da Internet e das redes sociais é malicioso e prejudicial à saúde mental, e deve ser evitado, na medida do possível.

Mas ainda assim, a escolha dos temas em discussão a cada momento é muito mais democrática e livre do que antes, quando a pauta era definida pela capa da Veja ou IstoÉ da semana.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os palavrões da fé

Vivemos numa época em que, numa roda de conversa, falar palavras como "Deus", "Céu", "Inferno", "pecado&q...