quinta-feira, 5 de novembro de 2020

Imagens arquetípicas

 


Eu assisti um filme, cujo nome não vem caso, porque poderia ser qualquer um, onde havia uma mulher velha.

Essa mulher me lembrava alguém que eu não sabia ao certo quem era. É claro que de pronto pensei nas minhas avós, mas a imagem a que a velha me remetia não era somente a das minhas avós, era mais do que as minhas avós. A velha me fazia lembrar de todas as mulheres velhas do mundo.

Não sei se foi essa a real intenção do diretor ao elencar aquela atriz, mas se foi, sucedeu maravilhosamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O trunfo do pensamento moderno

O trunfo do pensamento moderno, científico, cartesiano, é ao mesmo tempo, a sua desgraça. Bênção e maldição. Separar tudo em partes dá acess...